Paulinho, a Voz do Roupa Nova que Tocou os Corações

WhatsApp Image 2021-03-24 at 11.31.27 (1)
Consagração Musical

Paulinho, a Voz do Roupa Nova que Tocou os Corações

Por Juliana Campos

O dono da voz que embalou os corações de gerações, o estimado PAULINHO, deixou um grande marco na vida de milhões de brasileiros, destacando na vida dos seus amigos e parceiros integrantes do Roupa Nova: Cleberson, Feghali, Nando, Serginho e Kiko, além de uma eterna saudade com sua partida. Ele trouxe, durante sua meteórica e marcante vida pessoal e profissional, a constatação da real e sólida conquista desenvolvida por meio do trabalho construído com seu talento e personalidade. Paulinho teve sérios problemas de saúde e ao ser infectado pela COVID 19,  faleceu aos 68 anos, causando muita comoção em todo o Brasil e no mundo.

Nascido em 1952 no Rio de Janeiro, Paulo César Santos, respeitosa e carinhosamente  conhecido como Paulinho, trilhou uma jornada artística que se iniciou na década de 70, divulgando seus talentos musicais e características como um ser humano cativo e acolhedor ao conquistar amizades e parceiros musicais.  Sua atuação artística se deu inicialmente com a banda Los Panchos Villa, ao lado de Kiko e Feghali em 1974, recebendo posteriormente o convite para tocar e cantar na banda Os Famks – denominação que antecede o consagrado nome – Roupa Nova, escolhido nos anos 80. 

Paulinho foi uma das principais vozes na trajetória  do Roupa Nova, com características imponentes que se mesclaram entre o seu penetrante romantismo e a elevação de afinados tons musicais. Seu “ time de sucesso musical ” pôde contar com integrantes completos, que eram qualificadíssimos cantores e músicos: com Cleberson no teclado e voz, Feghali no teclado e voz, Nando no baixo e voz, Serginho na bateria e voz e Kiko na guitarra e voz. Dividiu vocais com importantes nomes da música nacional e internacional, como: The Commodores ( em “Esse Tal de Repi Enroll “), Ivete Sangalo ( em “ O Sal da Terra” ), Zélia Duncan ( em “ Feira Moderna” ), Elba Ramalho ( em “ Fé Cega e Faca Amolada “ ), Marjorie Estiano ( em “ Flagra “ ), Bens Brother ( em “ Reacender “ ), Fresno ( em “ Show de Rock’n Roll” ), Zezé Di Camargo e Luciano ( em “ Depende “ ), Marcos e Belutti ( em “ Mar de Lágrimas” ), Angélica ( em “ Você, o Surf e Eu” ), entre muitos outros.

Compositor de várias músicas, Paulinho atuou com versatilidade em suas funções como grande empreendedor artístico, destacando entre suas composições: “ Assim Como Eu”, “ Fora do Ar”, “Mary Help”, “ Só Você e EU”, “ Vozes do Coração “ e “ Tempo de Encarar”. Reconhecido internacionalmente em suas interpretações, Paulinho recebeu um dos maiores prêmios latinos em 2009 – o Grammy Latino, de melhor álbum pop contemporâneo brasileiro. 

Ele deixa muito além de sua referência como uns dos maiores ícones musicais brasileiros: deixa o amor semeado nos corações dos dois filhos: Pepê – baterista da banda Jamz e Twigg – cantora que segue como o pai, os quais manifestam o orgulho por ele em suas entrevistas. Deixa a saudade das lembranças de 40 anos de carreira em seus companheiros, que marca uma linda história perpetuada pelas canções de Roupa Nova.

Sua lembrança está eternizada nas memórias construídas por meio de suas atuações em vida, o que o manterá vivo na história do país e do mundo!