A Importância do Visagismo na Micropigmentação

pmu-artistico
Estética Facial

A Importância do Visagismo na Micropigmentação

Fernand Aubry criou o termo visagisme, palavra derivada de visage (rosto em francês). Por conter o sufixo “ismo”, o visagismo deve ser um conceito e não meramente uma técnica. Todas as palavras que carregam esses sufixos (por exemplo, surrealismo, cubismo, modernismo), significam um conceito, estilo ou procedimento, baseado em uma filosofia.

O visagismo trata-se do rosto, que é a parte principal da identidade da pessoa.

Se o rosto da nossa cliente falta os pelos faciais das sobrancelhas, essa pessoa terá problemas de relacionamento com os outros e consigo mesma.

O estilo de uma pessoa tem de expressar a sua personalidade, os seus princípios, suas crenças e sua posição social.

O profissional designer de sobrancelhas, maquiador, micropigmentador, precisa de um método para elaborar o estilo de uma imagem pessoal.

O parâmetro principal do visagismo para o micropigmentador:
* Prestar uma consultoria que ajude seus clientes a refletir sobre o que eles próprios têm de melhor e o que realmente desejam expressar por meio da sua imagem.

O trabalho do visagista baseia-se nos fundamentos da linguagem visual estética, física óptica, geometria, antropologia, psicologia e neurobiologia.

Quando um profissional deseja suavizar a imagem de um cliente e manter a aparência de poder.

O profissional deve analisar a imagem do cliente e explicar à ele a sua expressão e o que ele transmite com aquela imagem.

A inteligência visual faz com que os conceitos da linguagem estética sejam assimilados com facilidade, e ela é aplicada intuitivamente. A partir desse momento, o trabalho do profissional é consciente, dirigido e muito mais efetivo, porque ele se livra da dependência da intuição e dos riscos da tentativa e erro.

O objetivo do profissional da área da beleza consiste basicamente no domínio de técnicas.

O profissional tem que pensar na construção de uma imagem pessoal como procedimento artesanal e que, consequentemente, se concentre em questões puramente estéticas, como harmonia das cores e o equilíbrio das linhas das sobrancelhas, olhos ou lábios.

Quando tratamos de imagem pessoal, é automaticamente afetado o psicológico do cliente em ponto a alteração da imagem pessoal, inevitavelmente trazendo algum efeito psicológico – positivo ou negativo – sobre a pessoa. Ou seja, trabalhar somente com a intuição, sem nenhum conhecimento organizado é um grande risco.

Reconhecemos as pessoas pelo seu rosto. Se você se lembrar de alguém, surgirá em sua mente a imagem do rosto dessa pessoa.

Você também irá associar sensações à essas imagens – sensações positivas de simpatia e admiração, prazer ou de alegria, ou negativas, de antipatia, rejeição ou desprezo.

Antes de olhar para uma pessoa em específico, temos que analisar que ela tem nome, profissão e uma história. Estamos regendo emocionalmente às linhas, aos formatos, às luzes e as cores que a compõe.

Somos capazes de opinar sobre as pessoas sem sequer trocar uma palavra com elas, ou apenas olhando a uma fotografia.

A micropigmentação será uma transformação que deverá promover o encontro entre a imagem interior e a imagem exterior do nosso cliente. Essas mudanças não são uma garantia de elevação da autoestima em alguns casos de maquiagem definitiva, pois a pessoa perde totalmente a noção de quem ela é, iniciando uma crise de identidade.

Uma pessoa introvertida que, de repente, ganha uma aparência extrovertida, pode se sentir desprotegida e vulnerável.

Por isso, é preciso ter muito cuidado e muita responsabilidade quando as mudanças não podem ser reversíveis em curto prazo. As linhas e os formatos na imagem pessoal afetam a maneira como a própria pessoa se comporta.

Se o conjunto todo estiver em harmonia com a imagem interior que a pessoa tem de si e expressar suas qualidades e atributos positivos, proporcionar a autoconfiança, equilíbrio e boa autoestima e também provocarão reações positivas nos outros, de acordo com as qualidades expressas: confiança, respeito, entusiasmo, calma, entre outras.

Inversamente uma imagem inadequada trará consequências negativas, prejudicando as relações interpessoais, diminuindo a autoestima, criando instabilidade emocional e pode inclusive provocar doenças psicológicas. É importante lembrar que quando o profissional for realizar um procedimento de micropigmentação, a imagem do seu cliente deverá ser autêntica e revelar verdadeiras qualidades pessoais.

Leave your thought here

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *